Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Notícias > Vestibular 2017/2018: INES divulga 5ª lista de reclassificados
Início do conteúdo da página
Notícias e Avisos

Professora do INES lança livro sobre preconceito contra surdos

  • Publicado: Quarta, 23 de Maio de 2018, 17h23

A professora de língua portuguesa e literatura do ensino fundamental do INES Giselly Peregrino, mestre em letras e doutora em educação, lançou em abril seu segundo livro, "Preconceito e Educação: Desafios à escolarização de surdos no século XXI". Baseada em sua tese de doutorado, defendida em 2015, a obra apresenta resultados de uma pesquisa realizada no Colégio de Aplicação do INES (CAp/INES) em 2013. Giselly disponibilizou cópias do livro e da tese na biblioteca do instituto.

Na publicação, a autora demonstra que estudantes surdos usuários da língua brasileira de sinais (libras) podem sentir dificuldades para captar o preconceito por não compartilharem a língua com as pessoas que o exercem (na maioria das vezes, ouvintes), mas, ao mesmo tempo, conseguem percebê-lo de outras formas. A obra também aponta a existência de preconceito mesmo entre pessoas surdas, mas destaca que os estudantes costumam sofrer mais nas escolas em que convivem com alunos que não são surdos.

Segundo Giselly, o livro é de fundamental importância a todos, em tempos que valorizam e propiciam a discussão acerca da inclusão e tolerância em todos os espaços, como um convite ao diálogo empático e ao pensamento com humanidade.

O tema já foi tratado em outro livro que contou com a participação da professora. Parte de sua pesquisa deu origem a um artigo que virou capítulo do livro "Diferenças silenciadas: pesquisas em educação, preconceitos e discriminações", organizado por um professor da PUC-Rio e lançado em 2015. O primeiro livro de autoria de Giselly foi "Infância, Educação e Manoel de Barros", publicado em 2017.

 

Fim do conteúdo da página