A importância da aprendizagem de Libras para a formação de professores bilíngues dentro de uma perspectiva inclusiva

Clévia Fernanda Sies Barboza, Luciane Cruz Silveira, Ana Regina e Souza Campello, Helena Carla Castro

Resumo


A legislação nacional que norteia ações educacionais para o alunado com sur-dez determina a obrigatoriedade de um atendimento diferenciado para esse público, uma vez que este possui como L1 a Libras e como L2 a língua oficial do país. O objetivo deste trabalho foi estabelecer uma discussão sobre ques-tões importantes envolvendo o ensino e a inclusão de alunos surdos em esco-las regulares, como a questão da Língua Brasileira de Sinais (Libras) como língua materna, a cultura surda, as diferenças entre integração e inclusão, tendo por fim a descrição de um estudo de caso em que analisamos uma possível con-tribuição de professores bilíngues de uma escola municipal da cidade de Petrópolis, Rio de Janeiro, sem necessi-tar ter seu diálogo mediado por intér-pretes, no processo de inclusão desse alunado surdo, estabelecendo assim vínculos importantes com esses estu-dantes. Utilizamos referências reconhe-cidas na área e entrevistas semiestrutu-radas realizadas em Libras com esses alunos surdos, fazendo um levantamen-to dos aspectos importantes para sua inclusão em escolas regulares, enfocan-do ainda a necessidade do domínio da Libras pelo professor para um melhor desempenho curricular e convívio escolar desse público.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.20395/re.v0i43.11

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista Espaço

Revista Espaço 1990-2019 | INES - Instituto Nacional de Educação de Surdos

ISSN Impresso 0103-7668

ISSN Eletrônico 2525-6203

Indexação