A importância da avaliação auditiva no ato da matrícula escolar: perfil das escolas da Fundação Municipal de Educação de Niterói

Simone Conti Quevedo

Resumo


Para que haja um aprendizado adequado, o aluno necessita ter audição satisfatória. A solicitação da avaliação auditiva na matrícula escolar é essencial para detectar alunos com possíveis perdas auditivas, cooperando para nortear as escolas quanto à vida acadêmica destes. OBJETIVO: Verificar se as escolas da Fundação Municipal de Educação de Niterói solicitavam avaliação auditiva dos alunos no ato da matrícula. MATERIAL E MÉTODO: Após autorização da Secretaria de Educação do Município de Niterói, foi enviado à direção de 75 escolas por e-mail um questionário com 11 perguntas e um campo para observações adicionais. RESULTADOS: Os questionários foram preenchidos por 36 escolas, que alegaram não solicitar avaliação auditiva dos alunos na matrícula. Do total de 11.111 alunos, nove apresentaram perda auditiva. Verificou-se que procedimentos adotados pelas escolas em relação à suspeita e detecção de perda auditiva variam muito, tornando necessária a adoção de métodos análogos entre elas. CONCLUSÃO: As escolas participantes não solicitam avaliação auditiva no ato da matrícula, ressaltando a necessidade da criação de uma lei que a torne obrigatória.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.20395/re.v0i41.125

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Revista Espaço

Revista Espaço 1990-2019 | INES - Instituto Nacional de Educação de Surdos

ISSN Impresso 0103-7668

ISSN Eletrônico 2525-6203

Indexação