A Educação Bilíngue e o Acesso à Língua Brasileira de Sinais na Educação Infantil

Dulcéria Tartuci

Resumo


Ao considerarmos que mais de 90% das crianças surdas brasileiras têm pais ouvintes e que o acesso à Libras ocorre tardiamente é que este artigo teve por objetivo discutir a importância da educação bilíngue para as crianças surdas e o acesso à Língua brasileira de sinais – Libras na educação infantil. As análises apontaram que a produção acadêmica sobre esse tema é escassa no Brasil, inclusive nos Grupos de Trabalho que respaldam pesquisas sobre a educação infantil e educação especial, ressaltaram como meta a educação bilíngue no contexto escolar do aluno surdo, mas que essa prerrogativa não vem se efetivando amplamente na educação infantil. Além disso, apontaram a complexidade envolvida no aprendizado da Libras e no ensino da Língua portuguesa escrita, como segunda língua; a falta de acesso ao mundo letrado por meio de suportes que considere a perspectiva bilíngue e a demanda por professores surdos e ouvintes com domínio da Libras. 

Resumo

Ao considerarmos que mais de 90% das crianças surdas brasileiras têm pais ouvintes e que o acesso à Libras ocorre tardiamente é que este artigo teve por objetivo discutir a importância da educação bilíngue para as crianças surdas e o acesso à Língua brasileira de sinais – Libras na educação infantil. As análises apontaram que a produção acadêmica sobre esse tema é escassa no Brasil, inclusive nos Grupos de Trabalho que respaldam pesquisas sobre a educação infantil e educação especial, ressaltaram como meta a educação bilíngue no contexto escolar do aluno surdo, mas que essa prerrogativa não vem se efetivando amplamente na educação infantil. Além disso, apontaram a complexidade envolvida no aprendizado da Libras e no ensino da Língua portuguesa escrita, como segunda língua; a falta de acesso ao mundo letrado por meio de suportes que considere a perspectiva bilíngue e a demanda por professores surdos e ouvintes com domínio da Libras.

 


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.20395/re.v0i44.70

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista Espaço

Revista Espaço 1990-2019 | INES - Instituto Nacional de Educação de Surdos

ISSN Impresso 0103-7668

ISSN Eletrônico 2525-6203

Indexação